segunda-feira, 25 de abril de 2011

Penso em minha vida e sinto uma certa agonia ao pensar que estou parada, estática, sentindo ainda as mesmas coisas, as mesmas emoções, os mesmos sentimentos. Sinto como naquela música de Caetano, estou ainda parada na mesma estação que vi meu amor partir. Ele seguiu. Eu fiquei. E fiquei. E fiquei.
Como se faz para ir embora? Meu corpo viaja, anda por lugares novos, conhece pessoas diferentes, sente cheiros e toques interamente diversos, mas meu coração... esse é um rebelde sem causa... permanece parado esperando... esperando... nem sei se ele lembra mais o que espera, ou por quem espera. Meu coração ainda insiste em amar a mesma pessoa que tem amado nos últimos anos. Ele é tão teimoso. Sinto-me cansada de tentar convencê-lo de que o tempo passou e ele ficou sozinho.
Aparecem algumas oportunidades e eu me sinto na obrigação de agarrá-las, mesmo sabendo que estou sem alma, apenas um zumbi vagando, sorrindo, acenando, mexendo nos cabelos para disfarçar a falta de vida e de vontade de estar ali. Pergunto-me várias vezes por que estou ali, forçando a minha barra, inventando amores, mentindo para mim, criando ilusões sem sentido que me ferem e magoam, pois invariavelmente quando estou só sinto a imensa solidão em que me afundei. Quero ficar mais só do que já estou. Quero desaparecer.
Na verdade nem eu sei o que quero. Acho q quero uma solução miraculosa, mas sei que milagres não existem então espero pelo dia em que me cansarei de querer e serei apenas levada.

2 comentários:

disse...

Será que um dia isso tudo passa mesmo????

andreia..vicente disse...

oi meu nome é Andreia estou passando pela a mesma coisa amo uma pessoa demais mesmo.Nao importa o que eu faça para esquece-la nao consigo,ja namorei outras pessoas,fiquei,nada adiantou.é um sentimento alem das minhas forças,é inesplicavel.Mas serei sempre como uma amiga,saimos a 2 anos e meio,e mesmo assim nada mudou,ele diz que jamais me vera como mulher.sei que nao é verdade,nao sei o que fazer,porque se fosse facil mudar nossas escolhas,ninguem sofreria por amor,nao é verdade?